Friday, April 4, 2008

Desabafo...

Olá.
Já devem ter notado que estou mais parada a fazer os trabalhinhos que tanto gosto e que me ajudam a distrair.Porque os faço quando o meu "corpo" o permite, e não tenho pressões de horarios, nem responsabilidades (são periodos em que estou de baixa)e considero estes trabalhinhos uma terapia ocupacional.
Quando estou a trabalhar(como ultimamente),tenho o DEVER de tratar convenientemente as minhas MÃMÃS, que tb não têm culpa que a enfermeira que as atende, está com dores generalizadas e com uma fadiga que muitas vezes tem que disfarçar até para conseguir falar.
Estou revoltada, comigo e com o mundo médico em geral.Não tenho culpa de ter FIBROMIALGIA e Sindrome de Fadiga Crónica, patologias que as Juntas Médicas continuam a achar que não têm valor.
São patologias crónicas que causam grande sofrimento.Fazem-se estudos, fazem-se Congressos de Reumatologia, Ortopedia, Fisiatria, onde há Palestras dedicadas a estes temas, MAS...actitudes práticas quando os doentes não conseguem fazer simples tarefas e/ou trabalhar... ninguém compreende.
Penso sempre que há MUITA gente com doenças ou problemas fisicos MUITO PIORES que o meu.
Mas tenho necessidade de gritar bem ALTO...Por favor entendam também os doentes com as mesmas patologias que eu.Eu sei que para ser reformada sou nova.Mas já não sou nenhuma jovém.
Mas eu quero, aliás preciso, de me afastar da minha profissão, dar o lugar a uma jovém em inicio de carreira que será muito mais útil.
Não quero ter que me deitar às 19h, para descansar o meu corpo e a mente para no dia seguinte estar sorridente para todos que me rodeiam e conseguir dar o meu melhor no local de trabalho e quando são 11H já mal me aguento de pé!!! mas disfarço...com muito esforço.

Não é a 1ª vez que abordo este tema aqui no meu cantinho.
Muito OBRIGADA por me "ouvirem".
O meu abraço com muito carinho para todas/os.

7 comments:

Maria said...

Amiga Alice
O teu desabafo é perfeitamente letigimo, tenho uma amiga com a mesma patologia e sei que por vezes é nwecessária quase uma força sobrehumana para conseguir "fazer algo de jeito"
Porque a minha patologia tem muitos sintomas identicos aos vossos,sei que muitas vezes se acorda já cansada, sem força e com dores, COMO SE PODE ASSIM CUMPRIR COM AS NOSSAS OBRIGAÇÕES PERANTE A SOCIEDADE?
O mal é que não temos na testa as dores que sentimos e muita gente haverá por aí que nem sequer serão acreditadas pelos médicos.
Amiga,agora sou eu que peço desculpa pelo desabafo.
mas grito como tu.
Mil beijos,porque nada mais adianta dizer.

Faty said...

Oh madrinha


Que situação e eu sei que tens lutado mto e nada fazem ... é tão revoltante e desumano .
É como tu dizes : deem o teu lugar a uma jovem que esta em principio de vida e deem a ti a reforma .
Grita bem alto , chora e tenta viver o dia a dia .
Eu sei que é mto dificil e tu não mereces querida .
Ai se eu pudesse fazer alguma coisa mas deixo as minhas palavras de conforto e carinho .


Beijinhos e um xi-coração mto apertadinho .

maiu :) manchinha da vaca said...

Ola querida,
como deve ser dificil essas coisas, eu também tive alguns problemas relacionados a saude sabe, já me vi no fundo mesmo... mas é com ajuda, com carinho, com respeito e querendo se reerguer que conseguimos superar tudo, espero do fundo do coraçao que assim como conseguiu desabafar, que consiga superar todas as coisas dificeis! Fé amiga! Beeeijos da maiu e fica bem!

patwork said...

Ohhhhhhhhhhh Alice!!!
Fico tão triste quando venho aqui ao teu cantinho e vejo ou sinto que tu estás em baixo.
Muitos beijinhos para ti e força!!!!
Patrícia

SoniaCrafts said...

Oh, querida Alice, desconhecia o que se estava a passar contigo porque também tenho andado um pouco afastada da Internet...
Fiquei com lágrimas nos olhos só de ler as tuas palavras as quais conseguiram transparecer toda a angústia e o sofrimento pelo qual passas.
Como bem sabes também eu tenho alguns problemas de saúde que por vezes me deixam de rastos- razão pela qual também me iniciei no hobby do artesanato.
Tem coragem, amiga! Sei que nem sempre é fácil, sobretudo quando há sofrimento...

Um grande beijinho para ti

Sónia

Mila said...

Querida Alice!
Amiga é mesmo muito revoltante mas enfim é o k temos nos dias de hoje!!A luta ao fim de algum tempo tb cansa,mas tem k ser assim para conseguirmos alguma coisa!Força e muita coragem!!!

Beijinhos linda.

Coisas de Mulher said...

Querida Alice,
Fico sem palavras perante estas situações, tal é a revolta que sinto dentro de mim.
Eu só gostava é que essas juntas médicas fossem compostas por pessoas que sofressem do mesmo mal e males semelhantes, e que nem conseguissem estar sentados sequer para a avaliar a si...
O problema é que quem tem que tomar as decisões, não sabe o que é sofrer dessa maneira.
Haja esperança e fé que as coisas mudem.
Mil beijinhos com muito carinho.
Helena

olharbiju

Lucky

Lucky
Bons sonhos

Adoro esta música e dedico às minhas amigas brasileiras.

Partilho com vocês uma música que gosto muito...

Dedico esta música a todas as pessoas que precisam que a vida seja linda...

Dedico às minhas amigas de lingua espanhola...