Friday, April 22, 2016



O TEMPO

Não fui a tempo!
Mas... a tempo de quê?
De viver o que não vivi... de sorrir o que não sorri...
De sonhar o que não sonhei!
Paro! Olho para o lado e vejo-me no espelho do tempo!
Está lá o aviso do meu caminho... não posso parar!
É por ele que vou... sem medos!
Descubro que tenho tempo...
Para viver novos sonhos... de ir por ali ou por acolá!
De rir, brincar, como se uma menina ainda fosse!
Com ambas as mãos seguro o tempo... ainda vou a tempo!

(alice ferreira,22/042016)


(imagem da net)

4 comments:

Crocheteando...momentos! said...

Penso que vamos sempre a tempo!
Adorei suas escolhas...bj

Crocheteando...momentos! said...

Penso que vamos sempre a tempo!
Adorei suas escolhas...bj

Maria Rodrigues said...

Lindo poema.
O tempo nunca pára, por isso devemos sempre "arranjar" tempo para viver e não apenas deixar a vida passar por nós.
Beijinhos
Maria

Graça Pires said...

Chega-se a tempo a tudo o que verdadeiramente queremos...
Beijo.

olharbiju

Lucky

Lucky
Bons sonhos

Adoro esta música e dedico às minhas amigas brasileiras.

Partilho com vocês uma música que gosto muito...

Dedico esta música a todas as pessoas que precisam que a vida seja linda...

Dedico às minhas amigas de lingua espanhola...