Monday, March 28, 2016



Não digas nada

Não digas nada, não é necessário.
As gotas da chuva trazem recados teus.
São elas, hoje, as mensageiras.
Corre pelo campo, que está florido só para ti.
Afaga as flores com as tuas mãos e o teu sorriso.
Descansa o teu corpo cansado,sob o manto de erva.
Fecha os olhos, e voa para além do pensamento.
Não digas nada... As gotas da chuva trazem recados teus!
(alice ferreira, 28/03/2016)
(imagem da net)

5 comments:

Carmem Grinheiro said...

Poesia pura. E já disse tudo. Não se precisa dizer mais nada ;)
Vamos "voar para além do pensamento".
bj amg

Ilesin said...

A veces no es necesario decir nada para entender lo que en palabras no se puede decir.
besos

Manuel Luis said...

Vejo-me neste poema quando retrato aquelas minúsculas flores salpicadas de orvalho. Sem dizer nada, penso qual a melhor forma de registar, ângulo, abertura, velocidade e sorrisos pela dádiva da natureza.
Fim de semana estarei mais perto de descansar.
Bjs

Arthur Claro said...

Muito linda esta poesia, meus parabéns.

Arthur Claro
http://www.arthur-claro.blogspot.com

Graça Pires said...

Um poema muito delicado e sensível. Gostei mesmo.
Um beijo.

olharbiju

Lucky

Lucky
Bons sonhos

Adoro esta música e dedico às minhas amigas brasileiras.

Partilho com vocês uma música que gosto muito...

Dedico esta música a todas as pessoas que precisam que a vida seja linda...

Dedico às minhas amigas de lingua espanhola...