Monday, March 16, 2015



 Amor como em Casa

Regresso devagar ao teu sorriso
como quem volta a casa.
Faço de conta que
não é nada comigo. Distraído percorro
o caminho familiar da saudade,
pequeninas coisas me prendem,
uma tarde num café, um livro. Devagar
te amo e às vezes depressa,
meu amor, e às vezes faço coisas que não devo,
regresso devagar a tua casa,
compro um livro, entro no
amor como em casa.


(Manuel António Pina, in "Ainda não é o Fim nem o Princípio do Mundo. Calma é Apenas um Pouco Tarde") Autor de quem gosto muito, infelizmente já não está entre nós.


Vivam a vida com AMOR.
Beijinhos
Alice

3 comments:

Cidália Ferreira said...

Maravilhoso de ler, adorei.

beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Mona Lisa said...

Uma escolha soberba!

Magnífico poema!

Beijinhos.

✿ chica said...

Linda mensagem.. Vi tua pergunta e PATOTA é turma, amigos juntos...

beijos, lindo dia! chica (Podes me mandar teu email? Podem mandar pro meu rtazza@gmail.com)

olharbiju

Lucky

Lucky
Bons sonhos

Adoro esta música e dedico às minhas amigas brasileiras.

Partilho com vocês uma música que gosto muito...

Dedico esta música a todas as pessoas que precisam que a vida seja linda...

Dedico às minhas amigas de lingua espanhola...